Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Esgotamento sanitário do Tabuleiro vai melhorar a saúde da população
15/09/2016 - 17h00m

Esgotamento sanitário do Tabuleiro vai melhorar a saúde da população

Cada real investido em esgotamento representa cinco reais de economia no tratamento de doenças

Esgotamento sanitário do Tabuleiro vai melhorar a saúde da população
Texto de Diego Barros e Myllena Diniz

O investimento do Governo do Estado, por meio de uma Parceria Público-Privada (PPP), nas obras de esgotamento sanitário do Tabuleiro dos Martins, iniciadas nesta quinta-feira (15), em Maceió, terá como reflexo a melhoria da qualidade de vida e da saúde da população beneficiada.

 

Ao todo, cerca de 160 mil pessoas serão atendidas com coleta e tratamento de esgoto, que terão um investimento de R$ 200 milhões. Para Sandra Pinheiro, moradora do Loteamento São Caetano, localizado no bairro Cidade Universitária, a obra é um divisor de águas. “Hoje, a gente vê esgoto a céu aberto, canos por cima da terra, tudo descoberto, mas vimos que isso vai mudar. Essa obra vai ser maravilhosa pra gente e pra toda a comunidade. Nosso governo vai melhorar a saúde dos mais pobres”, avaliou.

 

Segundo o governador Renan Filho, a cada real investido em esgotamento sanitário, cinco reais são economizados em saúde pública. “Dessa forma, esse investimento que estamos fazendo aqui vai significar, além da melhoria da saúde das pessoas, uma economia de, aproximadamente, R$ 1 bilhão no tratamento de doenças”, frisou o governador.

 

De acordo com a secretária de Estado da Infraestrutura, Aparecida Machado, o objetivo é atender às demandas da área que mais cresce na capital. “A parte alta de Maceió é a área de maior expansão imobiliária da cidade. Durante a execução do Programa Minha Casa, Minha Vida foram construídas cerca de 20 mil habitações nesse entorno. Hoje, o déficit de esgotamento sanitário, que sempre foi um dos principais problemas da região, começa a ser resolvido. É a primeira grande obra do Programa de Esgotamento Sanitário de Alagoas. É a obra que vai mudar a história do nosso Estado.”, destacou a secretária.

 

Para Clécio Falcão, presidente da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), Renan Filho está materializando os compromissos que havia assumido com a população. “Essas obras atenderão a nove bairros e fazem parte do maior projeto de esgotamento sanitário que Alagoas já viu. Hoje, o Governo dá início a um projeto completo, que inclui coleta, tratamento e destinação adequada de esgoto já tratado. Destacamos que não se faz saúde pública sem esgotamento sanitário”, pontuou Clécio Falcão.

 

Na Parceria Público-Privada (PPP) firmada entre o Governo do Estado, por meio da Casal, e a Saneamento Alta Maceió (Sanama), o prazo para conclusão das obras é de 4 anos, porém, podem ser finalizadas antes.

 

“O prazo total da PPP é de 30 anos, o que inclui a execução das obras e serviços correspondentes, como operação, manutenção, controle operacional e comercial, possibilitando a integração da gestão pública com a privada para melhorar a qualidade dos serviços e aumentar o atendimento”, explicou o presidente da Companhia.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg