Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Estado beneficia 966 famílias com cursos profissionalizantes
27/07/2015 - 12h17m

Estado beneficia 966 famílias com cursos profissionalizantes

Ação fez parte do Projeto de Desenvolvimento Social da Orla Lagunar, executado com recursos do Ministério das Cidades

Estado beneficia 966 famílias com cursos profissionalizantes

Projeto foi concluído com saldo positivo. (Foto: Adailson Calheiros)

Mariana Peixoto


Iniciado em 2010 e executado com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Ministério das Cidades, o Projeto Integrado da Orla Lagunar, beneficiou diretamente as famílias oriundas das comunidades Mundaú, Sururu de Capote, Torre e Muvuca, que foram contempladas com moradias dignas no Conjunto Santa Maria, Eustáquio Gomes e Vila São Pedro, no Vergel do Lago.

 

Durante o período de execução do projeto, foram realizadas inúmeras ações de educação sanitária e ambiental, mobilização e organização comunitária e capacitação para geração de renda. 

 

Todas essas ações estiveram distribuídas em assembleias, seminários, palestras, campanhas, oficinas, torneios de futebol, eventos de cultura e lazer, entre outros.

 

O encerramento das atividades e entrega dos certificados da qualificação aconteceu no último sábado (25), onde 966 famílias foram beneficiadas com cursos profissionalizantes, ministrados por instituições habilitadas e credenciadas em respectivas áreas de atuação.

 

 

“Foram 27 meses de intensas atividades, com o objetivo de melhorar a condição de vida das famílias. Hoje, verificamos que muitos daqueles que foram capacitados estão inseridos no mercado de trabalho. A escolha dos cursos sempre esteve adequada à tendência do mercado local”, explicou a superintende de Articulação de Projetos Sociais da Secretaria da Infraestrutura, Ângela Paim.

 

Ao total, foram ofertados 23 cursos em diversas áreas, como camareira, balconista, auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, frentista, porteiro, garçom, corte de cabelo, aproveitamento integral dos alimentos, corte e costura, manicure e pedicure, customização, eletricista predial e instalador hidráulico.

 

Dona Helena Guedes de Araújo, 70 anos, contou com entusiasmo sobre as encomendas que recebe para lembrancinhas de aniversário e bolsas.

 

“Fiz o curso de bolsas e customização, além da renda extra que complementa a aposentadoria, o curso, que me trouxe essa nova ocupação, me ajudou a superar a tristeza que tinha após um infarto e o câncer que tive”, desabafou Helena Guedes.

 

Já para Débora dos Santos, 36 anos, a maior alegria foi seu filho de 15 anos hoje poder se dedicar apenas aos estudos.

 

“Fiz três cursos, não tinha noção nenhuma de costura. No início, me angustiava achando que não conseguiria, até fazer a minha primeira peça, uma saia. Foi uma emoção muito grande. Hoje consigo ganhar um dinheiro extra. Não tem comparação a vida que levava como marisqueira, aqui é melhor” contou a jovem Débora.

 

Durante o evento de encerramento, Ângela Paim destacou que o projeto foi concluído com saldo positivo, não somente por ver as famílias em residências dotadas de infraestrutura básica, que garantem condição de habitabilidade, mas, sobretudo, pela possibilidade de ingresso dos participantes no mercado de trabalho.

 

“A semente foi lançada, caberá a cada um escolher se a vida nos barracos de papelão, em condições subumanas, de fato, deverá ser olhada como coisa do passado. Embora o trabalho esteja sendo concluído hoje, o Governo do Estado continuará acompanhando vocês e estaremos de portas abertas para atender todos. Essa é a verdadeira missão do serviço público, servir a população”, destacou Ângela Paim. 

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

ouvidoria.png

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg