Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Governo do Estado busca recursos para que Canal do Sertão não pare
06/02/2015 - 09h45m

Governo do Estado busca recursos para que Canal do Sertão não pare

Demissões e suspensão de obras se devem ao não pagamento de atrasados. Em menos de um mês, governador conseguiu parte dos recursos

Governo do Estado busca recursos para que Canal do Sertão não pare

Pagamentos em aberto devem começar a ser feitos em breve. (foto: Acervo Seinfra)

Afrânio Godoi

 

O governador Renan Filho e a secretária de Estado da Infraestrutura, Aparecida Machado, conseguiram junto ao Ministério da Integração Nacional a liberação de R$ 75 milhões para o pagamento de medições atrasadas no Canal do Sertão que estavam atrasadas, há alguns meses, na ordem de R$ 160 milhões. Pagamentos em atraso serão honrados pelo novo governo o quanto antes.

 

O problema que impera na principal obra hídrica do Nordeste é de demissões, em virtude da falta de pagamentos, que ficaram em aberto em 2014. Sensível a situação dos alagoanos empregados no Canal do Sertão, Renan Filho conseguiu parte dos recursos para não deixar os trabalhos paralisados. Segundo a Secretaria de Estado da Infraestrutura, apenas detalhes bancários estão sendo aguardados para a utilização do dinheiro destinado pelo Ministério da Integração. Medições dos trechos III e IV foram afetadas com o não pagamento dos funcionários.

 

Por outro lado, durante a reunião com o ministro da Integração, Gilberto Occhi, foi apresentado um relatório com todo o levantamento da obra, assim como, a importância dela para o desenvolvimento da região que será beneficiada com a construção do canal. Occhi se propôs a buscar formas para que a liberação desses recursos seja em curto prazo.

 

A liberação do recurso para o pagamento do saldo das medições atrasadas e a garantia de empenho são necessárias para evitar as demissões e dar continuidade a obra.

 

Outro ponto importante sobre a chegada de mais recursos para sanear financeiramente a obra é o relatório que está sendo realizado pela Agência Brasileira de Inteligência, através do superintendente em Alagoas, Francisco Ari Maia Junior, sobre a estiagem na região. Será feita uma visita as obras do Canal do Sertão e após a conclusão, o relatório será enviado para o Gabinete de Segurança da Institucional da Presidência da Republica, que ajudará a presidenta Dilma Rousseff a tomar decisões sobre a liberação desses recursos o quanto antes.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

ouvidoria.png

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg