Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Mais de 70 alunos e professores universitários visitam obras do Canal do Sertão
26/06/2017 - 14h35m

Mais de 70 alunos e professores universitários visitam obras do Canal do Sertão

Em junho, docentes e estudantes dos cursos de Geografia e Engenharia Civil participam de palestras e conhecem instalações da maior obra do Estado de Alagoas

Mais de 70 alunos e professores universitários visitam obras do Canal do Sertão
Texto de Myllena Diniz

A maior e mais importante obra de infraestrutura hídrica do Estado de Alagoas, o Canal do Sertão, recebeu, ao longo do mês de junho, a visita de mais de 70 alunos e professores universitários de Geografia e Engenharia Civil. A atividade é uma das ações de interação social da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), cujo objetivo é aproximar a população e apresentar os trabalhos desenvolvidos pela pasta.

 

As visitas têm início no canteiro das obras do Trecho 4, no município de Senador Rui Palmeira, com palestra sobre a importância do Canal do Sertão para os habitantes do Semiárido alagoano. Os alunos também têm acesso a informações técnicas sobre a estrutura, a dimensão e o alcance do empreendimento; as dificuldades encontradas na região; e o papel dos agentes envolvidos na sua implantação.

 

“Esse momento também é importante para que os futuros profissionais e os próprios professores entendam a magnitude de uma obra como o Canal do Sertão, como funciona sua fiscalização e, claro, para que possam esclarecer suas dúvidas, seja do ponto de vista técnico ou administrativo”, destacou o engenheiro Fernando Dantas.

 

Para o superintendente estadual de Infraestrutura Hídrica, Alexandre Barros, os estudantes também têm a oportunidade de ver, na prática, diferentes áreas da Engenharia. “Antes de tudo, é a chance do estudante ter acesso à maior obra de infraestrutura hídrica do Estado, que é 100% alagoana, e que engloba diferentes saberes, como meio ambiente, topografia, geologia, materiais da construção civil, hidráulica, recursos hídricos, estruturas de concreto e pontes”, explicou.

 

Na sequência, o momento mais aguardado: com os equipamentos de proteção individual em mãos, os acadêmicos visitam etapas importantes da obra, como instalação de sifões, construção de túneis, comportas em funcionamento e trechos do Canal já concluídos.

 

“Na academia, vemos muito a teoria e todo o dimensionamento de canais. Mas os alunos sentem a necessidade de entender como a fundamentação teórica é aplicada na prática. Aqui, no Canal do Sertão, eles podem comprovar o que vemos na sala de aula. É um momento extremamente rico”, salientou Marianny Monteiro, professora de Hidráulica e Abastecimento de Água, do Centro Universitário Cesmac.

 

Agendamento

Para saber mais informações e/ou agendar uma visita ao Canal do Sertão, é necessário formar um grupo de, no mínimo 10 pessoas, e fazer a solicitação por meio do endereço eletrônicoascomseinfra@gmail.com ou pelo 3315-3464.

 

Canal do Sertão

Com três trechos concluídos e em operação, o Canal do Sertão já distribui 107 km de água pelo Semiárido alagoano e beneficia 160 mil sertanejos, distribuídos por sete municípios: Delmiro Gouveia, Pariconha, Água Branca, Olho d’Água do Casado, Inhapi, Senador Rui Palmeira e São José da Tapera.

 

O Trecho 4 – do km 92 ao 123 – será o próximo a ser inaugurado e já conta com 63% das obras executadas, com entrega prevista para maio de 2018. Ao todo, serão 250 km de água ao alcance de mais de um milhão de alagoanos, em 42 municípios, do Sertão ao Agreste.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg