Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Municípios litorâneos serão contemplados com obras de esgotamento sanitário
23/10/2015 - 16h02m

Municípios litorâneos serão contemplados com obras de esgotamento sanitário

Pelo menos, um milhão de habitantes terão melhor qualidade de vida em Alagoas

Municípios litorâneos serão contemplados com obras de esgotamento sanitário

Paraísos como a praia de Patacho, em São Miguel dos Milagres, será preservado com a instalação da rede de esgotamento. (Foto: Alex Uchoa/Cortesia)

Marina Ferro

 

Nos próximos três anos, Alagoas irá dobrar a cobertura de esgotamento sanitário existente hoje. Os 19%, em 2018, serão 40% e mais de um milhão de habitantes terão uma melhor qualidade de vida, depois do lançamento do Programa de Esgotamento Sanitário de Alagoas. Dentro das ações, diversas cidades litorâneas estão inclusas, progredindo o turismo, emprego e renda.

 

Alagoas é um dos destinos turísticos mais procurados quando a opção é por um mar azul de águas cristalinas. A Rota dos Milagres (São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras, Passos do Camaragibe e povoados), Barra de São Miguel, Marechal Deodoro (Praia do Francês), Barra de Santo Antônio e Paripueira são algumas referências turísticas que serão beneficiadas com esgotamento sanitário.

 

Em Marechal Deodoro, a Praia do Francês já está coberta com rede de esgoto. As obras da parte urbana encontram-se em andamento, com um investimento de 15 milhões, beneficiando mais de 45 mil habitantes da região.

 

“Obras de esgotamento sanitário significam ganho real para a população em aspectos como saúde, educação e renda. Marechal Deodoro é um município que tem como fonte de renda o turismo e a pesca. É de extrema importância para nós contribuir para a continuidade dessas atividades”, pontuou a secretária de Estado da Infraestrutura (Seinfra), Aparecida Machado.

 

 

A Rota dos Milagres, que abrange os municípios de São Miguel dos Milagres, Passos do Camaragibe, Porto de Pedras e povoados, também terá a cobertura total de esgoto. O projeto para essas obras está pronto, orçando em R$ 50 milhões. “Apesar do projeto pronto, estamos buscando a verba para essa obra tão importante para o turismo daquele local”, esclareceu o superintendente de Infraestrutura da Seinfra, Luiz Cavalcante.

 

Para a secretária de Turismo, Jeanine Pires, além de garantir mais qualidade de vida para a população, esse programa vai proporcionar o desenvolvimento do turismo a médio e longo prazo, principalmente para o mercado internacional.

 

“O turista internacional é mais crítico e exigente com essa questão da infraestrutura. Essa é, sem dúvidas, o início de uma nova história para o turismo de Alagoas", afirmou Jeanine Pires.

 

O município da Barra de São Miguel já tem 30% de cobertura de esgoto. O Estado, por sua vez, vai entrar junto à prefeitura local no processo de contratação do restante.

 

“Vamos dar um apoio ao município nesse sentido, para acelerar a contratação desses 70% restantes. Temos que observar que a Barra de São Miguel tem uma população flutuante, que chega a triplicar no período de alta temporada”, destacou o superintendente.

 

Outros dois municípios bem visados e com grande potencial turístico, também inclusos no Programa de Esgotamento Sanitário de Alagoas, são Paripueira e Barra de Santo Antônio.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg