Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Obras de adutora avançam levando água ao Alto Sertão
24/03/2015 - 17h58m

Obras de adutora avançam levando água ao Alto Sertão

Construção de sistema coletivo de abastecimento já beneficia população de Pariconha e povoado Piau, em Piranhas

Obras de adutora avançam levando água ao Alto Sertão

Ao todo, são 247 km de tubulação; obras estão em pleno vapor. (Foto: Ascom Seinfra)

O governador Renan Filho tem pedido empenho do governo federal e da equipe da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) no sentido de agilizar todas as obras voltadas a levar água e proporcionar uma vida melhor para pessoas mais castigadas pela seca em Alagoas.

 

Para atender essa prioridade, a Seinfra tem dedicado atenção redobrada às obras do Sistema Coletivo de Abastecimento de Água do Alto Sertão Alagoano, que avançou em 40% e já traz benefícios aos sertanejos das cidades de Pariconha e do povoado Piau, em Piranhas. A Adutora do Sertão, uma vez concluída, será a primeira grande obra, que vai fazer uso, em grande escala, das águas do Canal do Sertão.

 

Segundo o secretário-adjunto de Projetos Especiais e Irrigação da Seinfra, uma linha de tubulação está sendo construída para interligar a adutora do Alto Sertão ao Canal do Sertão e visa abastecer oito municípios da região mais árida de Alagoas. 

 

Alzir Lima diz que sua conclusão vai permitir a ampliação da oferta de água nas cidades de Água Branca, Delmiro Gouveia, Inhapi, Canapi, Pariconha, Olho da Água do Casado, Piranhas, Mata Grande, extinguindo um problema corriqueiro, principalmente na época da estiagem, que é o rodízio de água. Em algumas cidades mais altas, as pessoas chegam a ficar até 15 dias sem água.

 

“Serão construídos 247 km de tubulação, o equivalente ao percurso de Maceió a Recife. O plano de trabalho total, requer um recuso na ordem de R$100 milhões. Nós temos garantidos R$ 89 milhões, por intermédio da parceria com o Ministério da Integração, que reconhece a necessidade de garantir água para os milhares de moradores daquela região”, explicou o adjunto, Alzir Lima.

 

Em fase avançada de execução, a construção civil da estação elevatória e reservatória, a Estação de Tratamento de Água (ETA), além do assentamento 141km do circuito de tubos de ferro fundido, compreendem os 40% concluídos. 

 

O secretário-adjunto disse ainda que se não existir atrasos no repasse dos recursos federais, a obra deve ser concluída em dezembro de 2015. Para Alzir Lima, quando a Adutora do Alto Sertão for totalmente interligada ao Canal do Sertão, poderá gerar uma economia de até R$ 1 milhão por ano ao Estado, em consumo de energia.

 

“Se o governo federal não falhar e cumprir o cronograma de repasse, a Adutora do Sertão terá sua conclusão ainda este ano. Devido à diferença da altura para captação do líquido, haverá uma redução significativa de energia, hoje, necessária para fazer bombeamento, além de amenizar os serviços de manutenção” ressaltou Alzir Lima.

 

A Adutora do Alto Sertão é um projeto que prevê garantia de água para os próximos 50 anos e deverá chegar às torneiras das comunidades tratada e pronta para o consumo.

 

Uma parceria com a Companhia de Saneamento der Alagoas (Casal), ligada à Secretaria e Infraestrutura, instalou, recentemente, duas bombas que puxam a água do canal e injeta direto na adutora, para levar água ao município de Pariconha. Em fase de teste, a água também está chegando ao povoado de Piau, em Piranhas.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

ouvidoria.png

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg