Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Obras de esgotamento sanitário vão atender todas as regiões de Maceió
19/05/2016 - 10h00m

Obras de esgotamento sanitário vão atender todas as regiões de Maceió

Programa visa abastecer 70% da capital com rede de esgoto e 100% de obras contratadas até 2018

Obras de esgotamento sanitário vão atender todas as regiões de Maceió
Texto de Marina Ferro

O Governo do Estado vem realizando diversas obras de saneamento básico em Maceió. No ano passado, foi lançado o Programa de Esgotamento Sanitário, que visa abastecer 70% da capital com rede de esgoto e 100% de obras contratadas até 2018, duplicando o quadro existente hoje.

As obras da Bacia da Pajuçara já estão em fase final, com as redes e coletores concluídos. Quando finalizada, o novo sistema irá reforçar a coleta de esgoto em Maceió, comprometida pela saturação da atual rede coletora. Dessa forma, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) está implantando uma rede paralela para a captação de dejetos.

 As duas tubulações dividirão a coleta de esgoto nos bairros de Jacarecica, Cruz das Almas, Mangabeiras, Stella Maris, Jatiúca e Pajuçara. O novo coletor conduzirá o efluente à estação elevatória da Praça Lions, na Pajuçara. 

 Linha Expressa - Primeira obra de esgotamento sanitário com recursos exclusivos do Governo de Alagoas, a Linha Expressa será um complemento à Bacia da Pajuçara. Orçada em R$ 8,2 milhões, será um reforço de 2.500 metros de tubulação para a antiga rede coletora da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

 A Linha Expressa irá conduzir o esgoto da estação elevatória da Praça Lions (Pajuçara) até a Treze de Maio (Poço), de onde seguirá para o emissário submarino.

PPP Tabuleiro – No início de julho, a parte alta de Maceió também será beneficiada com esgotamento sanitário.

 A Parceria Público-Privada (PPP) do Tabuleiro terá suas obras iniciadas, beneficiando os bairros do Clima Bom, Santa Lúcia, Tabuleiro dos Martins, Benedito Bentes, Santos Dumont, Antares e Cidade Universitária.

 A obra vai contar com duas estações de tratamento: uma ampliada e reformada, que irá coletar o esgoto de Antares e Benedito Bentes I e II, e uma nova, que atenderá o esgoto de Santos Dumont, Cidade Universitária, Clima Bom, Tabuleiro dos Martins e Santa Lúcia.

 No total, o sistema de esgotamento sanitário atenderá, em curto prazo, mais de 40 mil ligações domiciliares e 220 km de rede coletora.

 “Nesse momento, a PPP acaba sendo a alternativa mais viável para a atual situação do país. Dessa forma, vamos conseguir financiar o investimento em saneamento básico e beneficiar tantas famílias que necessitam de uma vida mais digna”, explicou o secretário executivo de Infraestrutura da Seinfra, Humberto Carvalho.

 O bairro do Farol e circunvizinhos também serão contemplados com a PPP do Farol: Pinheiros, Pitanguinha, Gruta de Lourdes, Jardim Petrópolis, Canãa e Santo Amaro, beneficiando 130 mil pessoas. No total, serão 185 km de ramais domiciliares e 112 km de redes coletoras, 20 unidades elevatórias de esgoto e uma estação de tratamento com capacidade para 150 litros por segundo, orçando R$187 milhões. 

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

banner e-ouv

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg