Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Pesquisa para Plano de Mobilidade Urbana segue na região metropolitana de Maceió
14/04/2014 - 09h47m

Pesquisa para Plano de Mobilidade Urbana segue na região metropolitana de Maceió

Cerca de 28 zonas das 78 totais foram visitadas; primeira e segunda etapa da pesquisa já foram iniciadas

Pesquisa para Plano de Mobilidade Urbana segue na região metropolitana de Maceió

 Prestes a completar um mês, a primeira etapa da pesquisa domiciliar de Origem/Destino prossegue na região metropolitana de Maceió. Realizada pelo Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra), em parceria com a Prefeitura de Maceió, a pesquisa irá subsidiar o Plano de Mobilidade Urbana 2014, que inclui a região de Satuba, Rio Largo e Maceió.

 

Os pesquisadores já visitaram 28 das 78 zonas que receberão a pesquisa. A Grande Maceió foi dividida em 90 zonas, das quais apenas 12 não receberão pesquisadores, pois são áreas rurais com pouca densidade urbana.

 

Dona Maria Helena, 77 anos, moradora do bairro do Jacintinho, recebeu os pesquisadores em sua casa e ressalta a importância da pesquisa. “Esta pesquisa só trará benefícios para a população. O transporte é uma questão delicada e urgente em nossa cidade. Além disso, os pesquisadores são educados e pacientes. Foi muito gratificante participar”, disse Maria Helena, que mora há 20 anos no bairro.

 

A superintendente de Transporte e Logística da Seinfra, Roberta Rosas, reafirma o compromisso do governo com a mobilidade urbana e reitera a necessidade da população receber bem o pesquisador. “Entendemos a preocupação dos moradores ao abrirem as portas de suas casas. Por isso, os pesquisadores estão uniformizados, com crachás e camisas com a marca da pesquisa. A pesquisa está com um ritmo bom e para que continue assim precisamos da colaboração de todos”, destaca.

 

Também já foi iniciada, na semana passada, a segunda parte da pesquisa, que corresponde à pesquisa de Linha de Travessia para contagem volumétrica de lotação dos ônibus coletivos e de tráfego local. Esta etapa está sendo desenvolvida nos corredores Avenida Fernandes Lima, Avenida Durval de Goes Monteiro e Bebedouro.

 

A terceira parte diz respeito à pesquisa de Contorno, na qual todos os acessos à cidade de Maceió serão monitorados para contagem de tráfego de entrada e saída de veículos, entrevistas com condutores, entre outros aspectos.

 

A pesquisa tem um prazo de 90 dias para sua conclusão e deve se manter atualizada por até 20 anos, com a necessidade de calibração após dez anos apenas para complementação dos dados. A última pesquisa desse tipo foi realizada em 1978.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

ouvidoria.png

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg