Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Renan Filho libera obra de esgotamento em Piaçabuçu
28/08/2015 - 12h46m

Renan Filho libera obra de esgotamento em Piaçabuçu

Orçado em R$ 14,3 milhões, sistema vai atender todo município; iniciativa dialoga com avanços na saúde e no turismo

Renan Filho libera obra de esgotamento em Piaçabuçu

Governador salientou a multiplicidade de funções da obra de esgotamento. (Foto: Márcio Ferreira)

Texto: Telma Elita

Fotos: Márcio Ferreira 

 

O governador Renan Filho assinou nesta, terça-feira, 26, ordem de serviço para obra do sistema de esgotamento da cidade de Piaçabuçu, que reserva um dos principais cenários turísticos de Alagoas, a foz do Rio São Francisco. Orçado em R$ 14,3 milhões, o sistema irá atender a 14 mil habitantes do município.

 

“Essa é uma obra importante, que dialoga com a saúde, o turismo e o desenvolvimento da região. Investimos agora em tubos subterrâneos, em um sistema que não é visível à população, mas que representa menos crianças e idosos doentes, mais turistas na cidade”, afirmou o governador.

 

O sistema impede que o esgoto de Piaçabuçu seja lançado inadequadamente nas águas do São Francisco.

 

 

“Estamos muito satisfeitos com a parceria da Codevasf [Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba] com o Governo do Estado. Essa é a nossa finalidade, fomentar o desenvolvimento de toda essa região, que margeia o rio”, declarou o superintendente da Codevasf, Luciano Chagas.

 

Os recursos da obra são do Ministério da Integração Nacional, repassados por meio da companhia. A execução do sistema será coordenada pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra).

 

O prefeito de Piaçabuçu, Dalmo Santana Júnior, agradeceu o empenho do governador Renan Filho. “Hoje é um dia marcante para todos que vivem na cidade. Somos atendidos, em poucos meses de gestão, com um sistema que irá beneficiar a toda a população e também atrair mais investimentos”, avaliou o gestor.

 

O sistema é composto por 17 km de rede, 2.637 m de emissário e três estações elevatórias. A obra deve ser finalizada em 18 meses. Após a conclusão, será operada pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

ouvidoria.png

banner-transparencia.png

Órgãos Vinculados

Casal

 

DER-AL

 

Serveal

Integra

Diário Oficial

cpl.jpg